Artigo de revisão

As instruções aos autores dividem-se em duas seções:

  1. Preparação do textomodelo de apresentação de artigo. Disponibilizamos, no fim do texto, um .DOC já formatado para download.
  2. Submissão no sistemacomo realizar a submissão do artigo no sistema.

Preparação do texto:
Artigo de revisão

Conceito

Essa seção publica avaliações críticas sistematizadas da literatura sobre certo assunto. Sugere-se a discussão de tendências e linhas de pesquisa.  O autor deve apresentar os métodos e procedimentos utilizados na revisão, a qual deve basear-se em literatura atualizada.

Idioma

  • O texto pode ser redigido em português, espanhol ou inglês.
  • O resumo em segundo idioma deverá ser em inglês, exceto quando o texto completo for nesse idioma. Nesse caso, o resumo traduzido será em português.

Título

  • O título não deve ultrapassar 25 palavras.
  • O título reduzido não deve ultrapassar 10 palavras.

Autores

  • São aceitos até cinco autores.
  • Inclua apenas a afiliação institucional: use o nome completo da instituição, em seguida a cidade, estado (sigla) e o país.
  • Use apenas um autor para correspondência. Identifique-o com a inclusão de um asterisco ao fim da afiliação institucional. Para esse autor, envie seu e-mail e o endereço completo, incluindo o CEP. Somente o e-mail será publicado na versão final do texto.
  • Mini-currículos devem ser apresentados de forma separada, como último elemento do texto, e devem respeitar o limite de 100 palavras por autor. Nessa seção, deve ser indicada a titulação do autor, seus projetos de pesquisa, o departamento a qual pertence, entra outras informações relevantes sobre seu trabalho.

Resumo

  • O resumo é estruturado e deve ser elaborado de acordo com as seguintes subdivisões: 1. Introdução, 2. Revisão, 3. Discussão e 4. Considerações Finais.
  • Deve conter até 300 palavras. O mesmo vale para o Abstract.
  • Não cite referências nessa seção.

Palavras-chave

  • São aceitas de três a seis palavras-chave, as quais devem ser organizadas em ordem alfabética.
  • As keywords, por sua vez, devem seguir a ordem das palavras-chave, desconsiderando a ordem alfabética.
  • Consulte os descritores (espanhol e português) em http://decs.bvs.br/ e nlm.nih.gov/mesh (inglês).

Seções do texto

  • Introdução
    • Nessa etapa, introduza o tema pesquisado, apresentando os objetivos de forma concisa. Evite longa revisão de literatura.
  • Revisão
    • Nessa seção, por sua vez, faça a revisão de literatura, utilizando referências atualizadas. Apresente as fontes pesquisadas, os critérios utilizados, bem como os dados obtidos e suas respectivas aplicações.
  • Discussão 
    • Ressalte os dados originais e novos obtidos com a pesquisa, tecendo comparações com o conteúdo revisado, as linhas e tendências verificadas.
    • Apresente as diferenças entre as distintas referências.
    • Comente as aspectos mais relevantes do estudo, apontando suas limitações e as recomendações resultantes.
  • Considerações finais
  • Agradecimentos deve conter até cem palavras. Esse é um elemento opcional. Use-o para agradecer contribuições relevantes e fontes de apoio ao projeto de pesquisa.
  • O texto deve respeitar o limite de cinco mil palavras, incluindo referências.

Referências bibliográficas

  • As referências bibliográficas devem seguir as normas da APA.
  • Livros (Van Soest, 1994, AOAC, 2005) e capítulos de livros (Prado & Moreira, 2004) podem ser citados.
  • Trabalhos publicados em anais de congressos, revistas de vulgarização, dissertações e teses devem ser evitados.
  • O artigo de revisão deve conter no máximo 60 referências.
  • Abaixo, deixamos exemplos do padrão APA para facilitar a elaboração das obras referenciadas no texto:

Artigo de publicação periódica

Ferraz, J. B. S. & Felício, P. E. 2010. Production systems – An example from Brazil. Meat Science, 84, 238-243.

Moreira, F. B., Prado, I. N., Cecato, U., Wada, F. Y. & Mizubuti, I. Y. 2004. Forage evaluation, chemical composition, and in vitro digestibility of continuously grazed star grass. Animal Feed Science and Technology, 113,239-249.

Livro

AOAC. 2005. – Association Official Analytical Chemist. 2005. Official Methods of Analysis (18th ed.) edn. AOAC, Gaitherburg, Maryland, USA.

Van Soest, P. J. 1994. Nutritional ecology of the ruminant. Cornell University Press, Ithaca, NY, USA.

Capítulo de livro

Prado, I. N. & Moreira, F. B. 2004. Uso de ácidos ômega 3 e ômega 6 sobre a produção e qualidade da carne e leite de ruminantes. In: Prado, I. N. (ed.). Conceitos sobre a produção com qualidade de carne e leite. Eduem, Maringá, Paraná, Brasil.

Para mais detalhes sobre o padrão APA para referências, recomendamos este guia completo, elaborado pela Biblioteca Fecap.

Citações no corpo do manuscrito

  • No corpo do manuscrito, os autores referem-se da seguinte forma: (Ferraz & Felício, 2010) ou Ferraz & Felício (2010).
  • Se a estrutura da frase exige que os nomes dos autores sejam incluídos entre parênteses, o formato correto é (Ferraz & Felício, 2012a, b).
  • Quando há mais de dois autores no artigo, o primeiro nome do autor deve ficar entre parênteses seguido da abreviação “et. al.”: (Moreira et al., 2004).
  • Os artigos listados na mesma frase ou parênteses devem estar primeiro em ordem cronológica e ordem alfabética para 2 publicações no mesmo ano.

Abreviaturas

  • Abreviaturas no texto devem ser definidas no primeiro uso.
  • Os autores devem usar o padrão das abreviaturas internacionais de elementos.
  • Abreviaturas definidas pelo autor devem ser usadas sempre, exceto para começar uma frase.

Tabelas

  • Tabelas e figuras devem ser incluídas no corpo do texto.
  • Devem ser numeradas de acordo com a ordem de aparecimento e utilizadas somente quando indispensável à compreensão do artigo.
  • Abreviaturas devem ser definidas (ou redefinidas) em cada tabela e figura.
  • As tabelas devem ser criadas usando o recurso de tabelas no MS Word, jamais no formato de imagem.
  • Cada coluna deve ter um cabeçalho
  • As unidades devem ser separadas por vírgula em vez de parênteses.
  • Limite o campo de dados ao mínimo necessário para a comparação significativa dentro da precisão dos métodos.
  • Para indicar diferenças significativas entre as médias dentro de uma linha ou coluna são usadas letras maiúscula sobrescritas.
  • Limite para tabelas, gráficos e figuras: oito.

Figuras

  • Além de presentes no corpo do texto, imagens devem ser enviadas em formulário específico no site da PubSaúde, identificadas conforme a ordem em que aparecem no corpo do artigo (Imagem 1, Imagem 2, Imagem 3).
  • Legendas devem estar ordenadas e numeradas, localizadas abaixo de cada figura.
  • São aceitas somente imagens em alta resolução e que não infrinjam direitos autorais.
  • Limite para tabelas, gráficos e figuras: oito.

Outros elementos obrigatórios

Contribuição dos autores

  • Descreva a participação de cada autor envolvido na pesquisa e produção do artigo.
  • Exemplos de etapas: concepção da pesquisa, obtenção de dados, análise e interpretação de dados, redação do manuscrito, análise estatística e elaboração de tabelas, revisão crítica e outras possíveis.

Potencial conflito de interesses

  • Declare se há ou não conflito de interesses envolvido na pesquisa em questão.

Vinculação acadêmica

  • Informe se esta pesquisa possui vinculação a algum programa de pós-graduação.

Minicurrículos dos autores

  • Indicam-se, aqui, a titulação do autor, seus projetos de pesquisa, o departamento a qual pertence, entra outras informações relevantes sobre seu trabalho. A revista PubSaúde aceita fotografia dos autores publicados, para inclusão na folha de rosto da versão final de seu artigo.

Indicação de avaliadores

  • Solicitamos a indicação de dois pesquisadores relacionados à área do texto submetido. Apresente o nome do avaliador sugerido, bem como seu e-mail e o Currículo Lattes, para verificarmos a adequação entre as pesquisas desenvolvidas e o estudo a ser avaliado.

 


Clique aqui e baixe o modelo PubSaúde em .DOC